Explorar. Inspirar
Informe 10 Nov 2022

HÁBITOS QUE CUSTAM A VIDA: A EPIDEMIA DAS DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS

Aqueles que ouviram falar do “desafio do balde de gelo” lembrar-se-ão certamente de como os famosos se tornaram virais nas redes sociais despejando sobre eles próprios um balde de água com gelo, com a intenção de reforçar a sensibilização e angariar fundos para o combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA). Esta iniciativa contou com a participação de 17 milhões de pessoas e angariou donativos em todo o mundo, tendo obtido mais de 115 milhões de dólares só nos EUA. As redes sociais pressupõem a possibilidade de estabelecer ligações com milhões de pessoas para destacar projetos que podem influenciar o comportamento de diferentes públicos, incluindo os mais jovens.

As doenças não transmissíveis afetam a qualidade de vida de milhões de pessoas e geram custos elevados para os sistemas de saúde. Apesar de um debate amplo e da definição de políticas públicas e campanhas de comunicação para tentar refrear o impacto destas doenças, a epidemia continua a crescer. Urge avaliar novas alternativas e canais, bem como envolver os especialistas, a sociedade civil e as empresas neste combate.

Para este relatório, analisámos políticas e programas de ação (investigação documental), perceções e opiniões (entrevistas a especialistas) sobre o tratamento de doenças como a diabetes, as doenças cardiovasculares, as doenças respiratórias e o cancro, designadas pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) como a “grande epidemia do nosso tempo”. Analisámos o grau de suficiência dos planos e projetos para conter o impacto negativo na qualidade de vida dos doentes, e se os mesmos contribuem para reduzir o elevado custo para os sistemas de saúde.

Concentrámo-nos em compreender o impacto dos fatores modificáveis e nas formas de levar as pessoas a tomarem medidas para melhorar a sua qualidade de vida. Analisámos também as taxas de mortalidade, o investimento em saúde e o custo que estas doenças representam para os sistemas de saúde.

Com o objetivo de explorar alternativas para uma estratégia ótima que motive a mudança de hábitos e complemente os planos e programas estatais, consultámos 38 especialistas em saúde pública, médicos, representantes de empresas e associações de doentes em 7 países da América Latina. Este relatório resume as principais conclusões e recomenda ações do ponto de vista da comunicação, dos assuntos públicos e do marketing digital para travar esta epidemia, caminhar rumo a uma sociedade mais saudável e reduzir o peso destas doenças nos sistemas de saúde.

DESCARREGAR
Alejandro Romero
Sócio e CEO Américas
Alejandro Romero. Parceiro e CEO Américas da LLYC. Desde 1998, tem liderado o processo de expansão da empresa nas Américas, iniciando operações no Peru, Argentina, Colômbia, Panamá, Equador, México e, durante os últimos quatro anos, em Miami. Alejandro liderou também os processos de comunicação de três das dez mais importantes operações de M&A na região: a venda das operações da BellSouth ao Grupo Telefónica, a aquisição pela SABMiller do Grupo Empresarial Bavaria e a venda do Grupo Financiero Uno ao Citibank. Em 20 anos, posicionou a nossa empresa como a principal rede de comunicações na América Latina.
Javier Marín
Diretor Sénior Healthcare Américas
Javier Marin é um profissional de comunicação e relações públicas com experiência nos setores público e privado e com mais de 20 anos de experiência em empresas farmacêuticas, de biotecnologia e ciências da vida. Ao longo da sua carreira, desenvolveu campanhas de comunicação social para prevenção e cuidados para a saúde para o governo do México; comunicação corporativa, assuntos governamentais, comunicação interna, marketing, responsabilidade social digital e corporativa, bem como programas de relacionamento com grupos de pacientes locais no México, América Latina e globalmente em empresas como Merck & Co. (MSD) e Johnson & Johnson.
Ana Lluch
Consultora Sénior de Saúde na LLYC Américas
Licenciada em Jornalismo e especializada em comunicações empresariais com mais de 7 anos de experiência na indústria de consultoria e clientes internacionais em Espanha, nos Estados Unidos e na América Latina. Trabalhou em empresas como o BBVA, Cohn & Wolfe e ATREVIA. Na LLYC, é especializada na criação de conteúdos e desenvolvimento narrativo para multinacionais no sector da saúde e na coordenação regional de projetos multi-países para empresas farmacêuticas e de dispositivos médicos nas Américas. Alguns dos clientes com quem trabalhou incluem: Astellas, AbbVie, Bayer, Roche, CureVac ou Medtronic, entre outros.
Queres saber mais?
Artigos
    Especialidades
      Profissionais

        Queremos colaborar consigo

        Procura resolver um desafio?

        Quer fazer parte da nossa equipa?

        Quer que participemos no seu próximo evento?