Explorar. Inspirar
Artigo 18 Fev 2021

COMO ANTECIPAR RISCOS DE REPUTAÇÃO, COMBINANDO INTELIGÊNCIA HUMANA E ARTIFICIAL (AI)

A resiliência da reputação tornou-se, de facto, uma variável fundamental para a continuidade e sustentabilidade dos negócios. O risco reputacional continua, no entanto, a ser uma realidade complexa para muitos gestores, que reconhecem o crescente impacto tangível que tem, não sabendo, no entanto, como gerir a natureza intangível deste risco.

No mais recente inquérito da Aon sobre riscos globais de gestão, os «danos à reputação ou à marca» foram classificados como o segundo risco mais preocupante para os executivos, superado apenas pela lenta recuperação da economia. A seguradora explica que «devido à natureza deste risco, as empresas tendem a subestimar o impacto causado»; no entanto, «os estudos demonstram uma correlação direta entre um golpe na reputação da empresa e o valor para os acionistas».

 

Resiliência e reputação

 

Identificar os riscos reputacionais é o primeiro passo para evitar o impacto que podem ter na continuidade do negócio e na sustentabilidade das empresas. No artigo «Getting business resilience right», a Bain & Company recomenda não tentar quantificar todo o universo de possíveis eventos negativos, nem fazê-lo apenas a partir da experiência acumulada; recomenda, antes, centrar os esforços da organização na preparação para os riscos que, numa visão holística, mais poderão prejudicar especificamente o negócio.

Neste artigo, poderá descobrir como nós, na LLYC, abordamos a identificação e avaliação dos riscos de reputação que mais poderão afetar os negócios dos nossos clientes. Construindo soluções à medida das suas necessidades, aliando tecnologia e consultoria, com inteligência artificial e humana, aplicadas na prevenção de crises de impacto reputacional.

DESCARREGAR
Iván Pino
Sócio e Diretor Sénior de Crises e Riscos
Jornalista, licenciado em Ciências da Informação pela Universidade Complutense de Madrid. Tem um mestrado em Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa pela UNED-UJI, com 20 anos de experiência em Comunicação e Reputação Corporativa. Especializado em Comunicação Digital. É coautor do livro Claves del nuevo Marketing. Cómo sacarle partido a la Web 2.0 (2009, Gestión 2000), e editor do primeiro e-book em espanhol sobre comunicação corporativa nos meios sociais: Tu Plan de Comunicación en Internet. Paso a Paso (2008). Além disso, é conferencista e professor do Programa Executivo de Customer Experience Management na IE Business School, de Comunicação Corporativa e Institucional na Universidade Carlos III, e do Mestrado em Comunicação Corporativa e Publicitária da Universidade Complutense de Madrid.
Juan Cardona
Diretor da Área de Liderança e Posicionamento Corporativo da LLYC em Espanha
Cardona conta com 20 anos de experiencia profissional nas áreas de comunicação corporativa, reputação e responsabilidade social, além de ter assessorado a estratégia de comunicação de diversas empresas internacionais e cotadas em bolsa. Foi o diretor de Operaciones na Corporate Excellence, além de diretor de Responsabilidade e Reputação Corporativa na Ferrovial.
Miguel Lucas
Data Business Leader
Miguel Lucas é Engenheiro de Telecomunicações Sénior, especialista na conceção de algoritmos de ranking para motores de pesquisa e processamento automatizado de linguagem natural. Trabalhou durante 10 anos no design, fabrico e lançamento no mercado de motores de busca a nível corporativo, redes abertas e deep web. Em 2008 criou a Acteo, empresa que tem colaborado com a LLYC em diversos tipos de soluções, como o BEO e o MRO na área Digital. Atualmente, é Data Business Leader na LLYC, onde desenvolve estratégias e métricas de exploração de dados.

Queremos colaborar consigo

Procura resolver um desafio?

Quer fazer parte da nossa equipa?

Quer que participemos no seu próximo evento?