Explorar. Inspirar
Artigo 10 Fev 2021

O papel do diretor de comunicação na era do ciberjornalismo

Reinventar a relação com os meios de comunicação

 

No dia a dia dos diretores de comunicação, a relação com os meios de comunicação foi sempre fundamental. Tradicionalmente, tratava-se de uma relação mutuamente benéfica, com o objetivo comum de transmitir à sociedade informação rigorosa, verídica, interessante e útil. Os departamentos de comunicação, tendo por missão construir a reputação de empresas e instituições, bem como fazer a ligação de forma honesta e eficaz com os cidadãos, encontraram nos meios de comunicação um grande aliado. Do mesmo modo, os jornalistas encontraram nestes departamentos um valioso aliado que lhes facilita o trabalho e os ajuda a conseguir atingir o objetivo deste que, como definiram Bill Kovach e Tom Rosenstiel, jornalistas norte-americanos, deveria ser apenas o de «fornecer aos cidadãos a informação de que necessitam para serem livres e se autogovernarem».

Contudo, o que soa muito bem em teoria muitas vezes não é tão simples de conseguir na prática, e o legítimo direito dos jornalistas de informar colide com o legítimo direito das empresas de defenderem os próprios interesses e de serem responsáveis pela própria comunicação.

Além disso, desde que as empresas e outras organizações tomaram consciência do valor estratégico da comunicação corporativa enquanto ferramenta imprescindível de gestão, os departamentos de comunicação e as consultoras e agências especializadas nesta matéria proliferaram exponencialmente, o que torna esta relação entre os profissionais da comunicação institucional e os jornalistas cada vez mais complexa. Por um lado, há um excesso de fontes oficiais desejosas de comunicar, por outro, redações cada vez mais reduzidas e jornalistas com menos tempo e espaço. A tudo isto há ainda a acrescentar os efeitos da revolução digital e de uma pandemia que veio impor o distanciamento físico e, consequentemente, o social enquanto modo de vida.

Neste contexto, o que podem ou devem fazer os diretores de comunicação para construir e consolidar a relação com um dos stakeholders fundamentais? Como captar o interesse dos jornalistas na era da economia da atenção? Como deixar de ser mais um e-mail que fica por abrir na caixa de entrada ou uma chamada eternamente não atendida? O presente relatório tenta dar resposta a estas perguntas e ajudar os profissionais de comunicação a reinventar uma relação que seja enriquecedora e que dê frutos para as duas partes.

DESCARREGAR
Nieves Álvarez
Diretora Sénior Comunicação Corporativa.
Tem mais de 25 anos de experiência em cargos de responsabilidade em diferentes áreas, destacando-se a gestão da comunicação corporativa, as relações institucionais e a responsabilidade social corporativa. Nos últimos 15 anos, integrou o Grupo DIA, primeiro como Diretora de Relações Institucionais (2003-2011) e, posteriormente, como Diretora de Relações Externas. Tem sido membro do Conselho de Administração da Dircom (2014-2016), do Conselho de Administração da ASEDAS (2011-2018), Membro do Conselho de Administração de Ecoembes (2014-2016). Actualmente é membro do Conselho de Administração da FEDEPE.
Paloma Olarieta
Gerente da Comunicação Corporativa.
Licenciada em Ciências da Informação pela Universidade Complutense de Madrid e licenciada em Direito pelo CEU San Pablo. Com mais de 25 anos de experiência em assessoria estratégica de comunicação a empresas e instituições. Iniciou o seu percurso profissional no gabinete de imprensa do Instituto Nacional de Industria (Atual SEPI). Posteriormente, fez parte da direção de Marketing e Comunicação da empresa Tecnología Grupo INI (TGI). Trabalhou 20 anos na Hermes Consultores de Comunicación, até à sua admissão na LLYC, em 2014. Ao longo do seu percurso profissional, prestou assessoria, geriu e dirigiu diversas contas de clientes de múltiplos setores.
Queres saber mais?
Artigos
    Especialidades
      Profissionais

        Queremos colaborar consigo

        Procura resolver um desafio?

        Quer fazer parte da nossa equipa?

        Quer que participemos no seu próximo evento?