Explorar. Inspirar
artigo 16 Abr 2020

DA ANTECIPAÇÃO DE CRISES À REVELAÇÃO DE OPORTUNIDADES

21

Nestas semanas de confinamento da COVID-19, as redes sociais e o envio de mensagens transbordaram de interações, enquanto as marcas tentavam encontrar a sua própria voz. Quase todas se debateram entre as ameaças de oportunismo, a necessidade de relevância e a vontade de contribuir para a sociedade.

Só aquelas que têm um propósito partilhado com os seus grupos de interesse, mas também com um perfil mais claro de quem eram promotores ou defensores da sua marca sentiram-se com a confiança suficiente para responder da forma acertada à crise desde o início.

Sabiam que as suas propostas iam chegar a pessoas que as defenderiam contra os opositores. E sabiam-no porque já há algum tempo que ouviam as suas expectativas, compreendiam as suas motivações e faziam parte das suas redes de influência.

Vimos isto em empresas cujos líderes estavam habituados a expor as suas ideias e posições nas redes sociais, como a Microsoft de Satya Nadella ou a Telefónica de José María Álvarez-Pallete. E também, nas empresas que baseiam os seus modelos de negócio na análise constante das necessidades de seus clientes, como o fazem a Inditex ou a Mercadona.

Todas elas são marcas habituadas a ouvir, a filtrar as informações relevantes e a concentrarem-se no que cria valor partilhado. E todas elas, entre outras, se destacaram pela sua resposta exemplar à crise do coronavírus.

Como descobrir estratégias vencedoras através de todo o ruído das redes sociais?

Esta segunda parte dos “Cinco desafios da comunicação pós-digital” aborda esta forma de ouvir e analisar os dados. O desafio que se refere à urgência de evoluir em direção à escuta revela oportunidades além das crises entre as massas de dados digitais. Uma necessidade premente num contexto como o atual, mais digitalizado do que nunca; e também, ainda mais volátil, incerto, complexo e ambíguo.​

BAIXAR
Iván Pino
Sócio e Diretor Sénior da Área Digital da LLYC em Espanha
Jornalista, licenciado em Ciências da Informação pela Universidade Complutense de Madrid. Tem um mestrado em Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa pela UNED-UJI, com 20 anos de experiência em Comunicação e Reputação Corporativa. Especializado em Comunicação Digital. É coautor do livro Claves del nuevo Marketing. Cómo sacarle partido a la Web 2.0 (2009, Gestión 2000), e editor do primeiro e-book em espanhol sobre comunicação corporativa nos meios sociais: Tu Plan de Comunicación en Internet. Paso a Paso (2008). Além disso, é conferencista e professor do Programa Executivo de Customer Experience Management na IE Business School, de Comunicação Corporativa e Institucional na Universidade Carlos III, e do Mestrado em Comunicação Corporativa e Publicitária da Universidade Complutense de Madrid.
Queres saber mais?
Artigos
    Especialidades
    Profissionais

      Queremos colaborar consigo

      Procura resolver um desafio?

      Quer fazer parte da nossa equipa?

      Quer que participemos no seu próximo evento?